7.13.2015

Resenha "Legend" - Marie Lu | Editora Rocco.

Oi gente!!

Tudo bem com vocês??
É com muito atraso que hoje venho falar com vocês sobre a resenha do livro "Legend", este foi o primeiro livro da primeira semana da MLI e eu não me arrependi nem um pouco sobre a minha decisão de colocar a trilogia na primeira semana. Já ouvi tantas opiniões diferentes sobre a trilogia que comecei a leitura sem muitas expectativas e a cada página virada me surpreendia mais e me apaixonava mais pela história. Como sempre, chorei muito (sou chorona mesmo, confesso) e chorei já nos primeiros capítulos hahahaha mas, vamos a resenha antes que eu me alongue demais. *-*

SINOPSE: Legend - A Verdade Se Tornará Lenda - Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.
Como diz a sinopse o livro conta a história de Day e June. Eles são pessoas totalmente diferentes de todas as formas possíveis. Enquanto June é uma garota prodígio, super avançada para a idade dela, nasceu em berço de outro e é totalmente fiel ao seu país, Day é um garoto que foi forçado a viver nas ruas depois que foi reprovado nas provas de seleção da República e desde então se rebelou contra a mesma e passou a ser o criminoso mais procurado de todos os tempos.

June perdeu os pais ainda muito jovem e não tem muitas lembranças deles, desde então vive com o irmão, ele é sua única família, até o dia em que seu melhor amigo bate a sua porta para avisar que Metias estava morto e que ele havia sido morto por Day. A garota sempre teve certa admiração pelas proezas que o rapaz aprontava e essa admiração se transforma em ódio quando descobre que ele foi o culpado por ela perder a última pessoa que restava na sua família e ela promete fazer o possível para encontra-lo e se vingar.

Os motivos que fizeram com que Day invadisse o hospital naquele dia foram puramente emocionais. Toda sua família achava que ele estava morto, somente seu irmão mais velho sabia que o famoso Day era ele, e mesmo sem o conhecimento deles, Day sempre os ajudou da forma que podia então, quando soube que seu irmãozinho Éden estava contaminado com a praga, ele não podia ter feito nada diferente que não fosse invadir o hospital e tentar conseguir a cura para o irmão. Apesar de todos os crimes que Day já havia cometido, ele nunca havia matado ninguém, sempre dava um jeito de fugir sem fazer vítimas, e achava que aquele dia havia sido igual, que não tinha feito vítimas graves, assim ele achava.

Assim que soube da morte do irmão, June foi levada para falar com a comandante dele e como estava em seu último ano de preparação, a comandante Jamerson antecipou sua formação, a colocou em sua própria frota e a responsabilizou de encontrar Day, missão que June aceitou prontamente.

Depois de dias na rua, se passando por uma sem teto seus caminhos acabam se cruzando e sem saber que se tratava da pessoa que mais odeia, June acaba ajudando e sendo salva por Day e sua melhor amiga. Sem saber ela se aproxima do "assassino" do seu irmão e acaba se interessando por ele. Mesmo depois de conseguir que ele fosse preso, June se pergunta se o que fez foi certo e se as coisas que ela sempre cresceu acreditando realmente são do jeito que ela sempre achou que fossem.

“-Nunca lhe perguntei sobre esse nome de guerra. Por que Day?-Porque cada dia significa novas 24 horas. Cada dia quer dizer que tudo é possível de novo. Você pode aproveitar cada instante, pode morrer num instante, e tudo se resume a um dia após o outro. –ele olha para a porta aberta do vagão da ferrovia, onde faixas escuras de água cobrem o mundo. –E aí você tenta caminhar sob a luz.”


Genteeee, para tudo com esse livro. A parte que eu chorei no começo, sim, foi no momento da morte do Metias, é muito triste perder um irmão e me coloquei no lugar dela, praticamente senti toda dor que ela estava sentindo, foi tenso.

A história se passa em um futuro não muito distante, se não me engano em 2050 e nos alerta sobre algo de extrema importância que poucos damos devia atenção que é o aquecimento global. Na história, esse acontecimento foi de tal forma, que derreteu a Antártida e causou alagamento de todas as nações e os poucos pedaços de terra que sobraram são muito disputados. Nessa guerra toda, os EUA foram divididos, metade se tornaram a República das Américas e a outra metade se tornaram as Colônias e esses dois novos países viviam em conflito por terra. As novas super potências mundiais se tornaram a África e a Antártida, que foram os locais que sobraram maior número de terra seca e que os mais poderosos acabaram buscando refúgio. Incrível não??

O livro me prendeu tanto que quando eu não estava lendo, estava pensando nele. A autora soube balançar super bem os dois lados e não dava pra escolher um preferido, você simplesmente quer que os dois se deem bem independente das coisas que são obrigados a fazer.

Gente eu super, hiper, mega indico essa trilogia. É muito perfeita e com certeza vale a pena a leitura. As páginas são amareladas e a fonte tem um bom tamanho o que faz da leitura confortável.

Espero que vocês tenham gostado da resenha e que amem o livro.
Super beijo!!
;**

53

13 comentários:

  1. Oii,
    fico feliz que sua primeira semana tenha rendido e que tenha gostado da leitura, o que aconteceu totalmente ao contrário comigo.
    Adorei sua resenha, mas esse não é o tipo de livro que costumo ler.
    Adorei seu blog.
    Beijos
    http://myself-here1.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii!!
      Poxa Barbara, mas não desiste não. Vai que essa segunda semana rende.
      Sorte pra você!

      Excluir
  2. Ana, querida, é difícil encontrar espaço no meu dia a dia corrido, mas já estava devendo esta visita há tempos. Seu blog é maravilhoso, suas resenhas muito bem escritas, parabéns! E vamos q vamos nesse ritmo de maratona de inverno, beijocas!!! 😘😘😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vivi, que delicia você estar visitando o meu blog, já estou muito feliz por isso.
      Muito obrigada! ;)

      Excluir
  3. Oi Ana!
    Eu também sempre vejo opiniões diversas desse livro... mas a sua resenha e sua emoção contida nela me contagiou :)
    Vou tentar ler assim que possivel!
    Beijos
    Dri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dri!!!
      Leia mesmo, é maravilhosa, eu ameeei!!
      *--*

      Excluir
  4. Amo distopia e essa já entrou na minha lista. Já vi pessoas dizendo que não gostou, mas sua empolgação faz qualquer um ler até Vidas Secas! hahaha
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkk Não gostei de vidas secas kkkkkkkk
      Mas leia mesmo Le, tenho certeza que você vai amar.
      ;**

      Excluir
  5. Ainda não li nenhuma distopia, mas de tanto ouvir você falar que gostou bastante dessa leitura, Legend já estará com uma vaguinha na minha lista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha Lucas, você tem que ler.
      É muito boa mesmo!!
      *--*

      Excluir
  6. Ooi Ana, a resenha está ótima viu?! Adorei.
    Ainda não li Legend, mas esta na minha lista de desejados, ainda mais com as suas indicações.
    Beijinhos da Jai
    http://livrosamoremusica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jai!!
      Leia mesmo, são livros maravilhosos e apaixonantes.
      *--*

      Excluir
  7. Tem tudo pra ser um livro preferido pra minha pessoa hahah amando seu blog!
    http://cantinhoparalivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir