12.22.2016

Resenha "Fábulas Cruéis" - Editora Empíreo

Eae galera, tudo bem com vocês?? Hoje vou falar de um maravilhoso livro de contos que li esse mês e que recomendo a todos que leiam. Vamos lá!



Quando a gente pensa em fábulas vem sempre aquela velha estória do coelho e a tartaruga, onde o coelho subestima a tartaruga numa aposta de corrida, e acredito que todo mundo já conhece o final. Acontece que em uma fábula sempre nos é apresentada uma moral para nos fazer refletir, isso é de fato uma das características do texto, e o premiadíssimo escritor Luiz Vadico, nos traz isso e muito mais, com inteligência, doses de humor, ironia, e bastante sadismo, pois precisam desses ‘’ingredientes’’ para serem Fábulas Cruéis.

Se ler contos não é a sua “praia”, mas você quer tentar ler algo do gênero uma ótima escolha é esse livro, diagramação impecável, escrita realmente fluída, o livro nos apresenta histórias onde as personagens variam de Lobos, Leões, brotos de plantas a velhos e gigantescos carvalhos, enfim a flora e a fauna toda numa harmonia incrível, sem contar nas reflexões que nos é apresentada a cada ponto final, é de uma sagacidade incrível.



Vou citar um conto que me impactou, de forma resumida;
“ Em uma floresta um grande carvalho protegia a todos, fornecia sombra para os leões, abrigo para os esquilos, e cumpria seu papel na floresta muito bem sim senhor...
Uma muda (de uma planta que eu não me lembro o nome) reclamava muito do grande carvalho, pois ele atrapalhava os raios de sol chegar até ela, ela argumentava que o grande carvalho era egoísta e que deveria se mover para que ela pudesse receber os raios de sol, o grande carvalho só achava graça disso; num dia em que tudo estava escuro no céu haviam nuvens carregadas, uma tempestade se aproximava!
O grande carvalho resistia a tempestade, lutava com toda a sua força para ficar firme, rajada após rajada de ventanias e grossos pingos d’agua, após passar a tempestade infelizmente o carvalho estava tombado e morto...
Todos se reuniram para velar o velho amigo, um Leão com seu filhote ouvia uma muda falando de forma pomposa e se aproximou, a muda toda orgulhosa estava dizendo que se o carvalho fosse frágil e flexível igual a ela ele teria resistido. o leãozinho perguntou ao seu pai como a muda de planta daquele tamanho poderia ser tão cruel e dizer tal atrocidade o pai lhe respondeu “Nada meu filho, esqueça o que você ouviu! É próprio dos fracos se vangloriarem  da sua fraqueza quando os fortes caem!”

Obs: texto descrito da forma que eu me lembro pode divergir do que está no livro.



E tem vários outros contos, uns que sinceramente eu custei a entender e quando achei que entendi na verdade não tinha entendido era nada, como eu já disse o costume de ler fábulas nunca existiu, e após ler esse livro realmente está muito bem recomendado!
destaques pros contos: O coro dos passarinhos, Formiga e o Escaravelho, As Lagartas, Uma galinha, O lobo... na verdade esqueça o que eu disse, todos os contos são maravilhosos! rs



E PRA FINALIZAR UM CHAMARIZ PARA VOCÊ QUERER ESSE LIVRO EM SUA VIDA:

“Então temos aqui um lobo... Fez uma pausa, com ar de extrema gravidade e acrescentou: um lobo sem dentes... Ele não sabia por quê, mas elas pareciam ameaçadoras, num momento foi cercado pelo rebanho, e a ovelha acrescentou em tom sarcástico:
Que pena... Nós temos!”

Leiam o quanto antes!


11.03.2016

Integrante Novo!




Oie Galere!
Meu nome é Mateus Evaristo e tenho 21 anos de idade, vivo em Cuiabá-MT, sou leitor, gosto muito de distopia e YA (uaiei não muito), também sou o diferentão do rolê, mimizento, negro, cantor de chuveiro, legal, modesto, e engraçado (aqui não é o tinder né?!). Estarei aqui no blog trazendo resenhas, informações úteis ou não, críticas de séries/filmes e muito mais. Faço também parte do grupo Rolezinho Literário...
E tenho a esperança de entreter vocês nossos leitores!

Espero que esse seja o início de uma grande amizade!
"Há Braços" com amor <3

10.27.2016

Resenha "Corpo Estranho" - M. T. Dorrenberg | Editora Empíreo.

Boa tarde gente!!

Imagine um ciborgue, que pode se teletransportar para qualquer lugar da linha do tempo, assumir qualquer forma física, conversar com objetos inanimados em qualquer idioma, entrar dentro de um filme e trocar uma ideia com a personagem de lá. Pois é, ele existe e seu nome é Mear, personagem principal do livro Corpo Estranho escrito pela M. T. S. Dörrenberg.

SINOPSE: Corpo Estranho, de M. T. S. Dörrenberg, conta a história de Mear, um ciborgue construído para atuar numa exposição em Berlim. Ao conhecer uma mulher chamada O., Mear sai em uma jornada pelo tempo e espaço em busca de respostas sobre a composição do corpo. Ele pode se transformar na figura que quiser, viajar no tempo e entender qualquer forma de comunicação. Essas habilidades têm por finalidade permitir que o ciborgue se desenvolva no mundo humano, iniciando uma geração de novos seres.




Essa é a história de Mear, um ciborgue criado a principio para simplesmente servir de informante de uma exposição em Berlim, fadado a ficar dentro de um museu e sem saber de suas habilidades, Mear até então não questiona sobre sua existência, porém em um dia monótono conhece O. uma artista que utiliza o próprio corpo para representar suas ideologias que contraria padrões de beleza atuais através de modificações corporais. Eles se conhecem e conversam tempo o suficiente para a O. questionar se a existência de Mear somente para aquele fim é correto, já que ele tem o seu lado humano também.

E Mear começa a descobrir do que ele é capaz, com habilidades incríveis tais  como supervisão, central de acesso a internet não importa aonde ele esteja, sendo também viajante do tempo, O. sugere que Mear vá em busca do porque da sua existência através da compreensão do corpo humano e para isso o ciborgue precisa viajar no espaço tempo, e essa grande aventura acarretará encontros com grandes personalidades da história da humanidade, de deuses, personagens intrigantes como a faraó Nefertiti, Gollum de O Senhor Dos Anéis, e grandes artistas como Leonardo Da Vinci, Pablo Picasso e vários outros que contribuíram com arte para humanidade.



Mear terá que lidar com essas aventuras e um possível novo sentimento por O. com quem compartilha suas experiências e talvez  conseguir uma forma de incluir O. uma humana em suas futuras aventuras.

Um livro sensacional, muito bem escrito, com uma grande carga cultural e ensinamentos, M. T. S. Dörrenberg traz uma leitura agradável e informativa através de uma ficção fantástica!

Leiam!!!!


10.19.2016

Resenha "Boa Noite" - Pam Gonçalves

Boa tarde gente!!

O livro vai nos contar a história de Alina, uma garota jovem que está entrando na faculdade e quer mudar um pouco sua vida. Ela morava no interior com seus pais e o irmão e decide escolher uma faculdade longe de sua cidade natal, para sentir a independência pela primeira vez.

Ela vai cursar engenharia da computação, um curso onde a predominância é masculina, e ela é uma das 4 garotas do curso. Procurando um lugar para morar enquanto faz faculdade, ela acaba conhecendo a ‘’República das Loucuras’’ e é aceita por Manuela, uma das moradoras.

Lá, ela conhece os outros moradores: Gustavo, e o casal Bernardo e Talita. Depois de já ter ido a sua primeira festa da faculdade e ter seu primeiro porre, ela diz que nunca mais vai sair e vai se dedicar somente aos estudos, mas é arrastada por Manuela para um barzinho. Durante um flerte e um jogo de sinuca, ela conhece Artur, um estudante de medicina bem charmoso.

Eles começam a sair, mas logo depois Alina percebe que Artur e Gustavo não se dão bem, e que um segredo esconde esse estranhamento todo entre o rapazes.

SINOPSE: Alina quer deixar seu passado para trás. Boa aluna, boa filha, boa menina. Não que tudo isso seja ruim, mas também não faz dela a mais popular da escola. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo. O curso de Engenharia da Computação - em uma turma repleta de garotos que não acreditam que mulheres podem entender de números -, a vida em uma república e novos amigos parecem oferecer tudo que Alina quer. Ela só não contava que os desafios estariam muito além da sua vida social. Quando Alina decide deixar de vez o rótulo de nerd esquisitona para trás, tudo se complica. Além de festas, bebida e azaração, uma página de fofocas é criada na internet, e mensagens sobre abusos e drogas começam a pipocar. Alina não tinha como prever que seria tragada para o meio de tudo aquilo nem que teria a chance de fazer alguma diferença. De uma hora para outra, parece que o que ela mais quer é voltar para casa.

Quem conhece a Pam Gonçalves sabe que ela é booktuber há um tempo. Eu adoro os vídeos dela, então imaginem, já comecei a leitura com a expectativa lá em cima (Inclusive, votei nessa capa e gostei do título rsrs). E, confesso, me decepcionei um pouquinho por isso, mas nem tudo está perdido.
Logo no primeiro capítulo já notei que Alina é aquela típica personagem: Tímida, estudiosa, poucos amigos, nunca foi de sair e sua diversão era mesmo ficar em casa.

Isso não me impressionou muito e meio que já fui adivinhando a história antes mesmo de chegar na metade, e isso me deixou um pouco triste. O romance não conseguiu me convencer no começo, mas no final estava torcendo por eles.

Tirando os pontos negativos (na minha opinião), foquei na mensagem que o livro passa, sobre o abuso sexual que as mulheres sofrem, e isso foi bem bacana! Pois achei que o caso foi tratado com certa leveza, mas deixando seu alerta.

"Este livro é para todas as meninas, garotas e mulheres. Não deixem que digam que não são capazes, vocês podem ser o que e quem quiserem". Pam Gonçalves.

Então, se você gosta de livro jovem adulto, dê uma chance a esse e boa leitura!

Conheci a Pam na Bienal do Livro de São Paulo, comprei o livro por lá e ela autografou. Ela foi uma fofa, que esbanjou simpatia para todos que foram vê-la. Um amor! Espero ler mais livros dela ;-)

Até a próxima resenha!!

8.09.2016

Resenha ''True'' - Erin McCarthy

Olá Leitores! Essa é minha primeira resenha como integrante oficial do Salada de Livros!

TRUE é um romance jovem adulto com uma história que pode parecer um pouco batida: virgindade na faculdade. Esse não é o primeiro e, com certeza, não será o último livro que li com esse tema, mas vai por mim: é diferente.

SINOPSE: Rory estuda medicina forense na faculdade e se denomina uma jovem bem comum, apesar de nunca ter tido a experiencia de ter um namorado. Com seus vinte anos, ela nunca foi de chamar a atenção dos caras ou nunca foi a garota com o corpão.  
Numa noite de sexta feira, ela é convidada por suas duas melhores amigas populares, Jessica e Kylie para tomar algumas cervejas na casa de alguns garotos que ela só conhece pela fama. Ela é deixada sozinha com Grant, um magricela por quem ela começa a pensar que tem uma atração esquisita. Durante a conversa, ela é atacada por Grant e quem aparece para socorrê-la é Tyler, um bad boy tatuado que estava em um dos quartos.
Depois do que aconteceu, Rory acaba revelando, sem querer, que é virgem.
Tyler oferece uma carona a ela e a partir daí eles começam uma amizade inusitada que deixa Rory um tano confusa.
Mas após uma festa a fantasia, ela descobre que as amigas ofereceram dinheiro ao Tyler para completar o ‘’serviço’’ que seria tirar a virgindade da garota, para que ela começasse a curtir a vida de verdade.
Apesar de ter descoberto a verdade, Rory não se afasta e da uma chance para conhecer Tyler melhor.

Rory estuda medicina forense na faculdade e se denomina uma jovem bem comum, apesar de nunca ter tido a experiencia de ter um namorado. Com seus vinte anos, ela nunca foi de chamar a atenção dos caras ou nunca foi a garota com o corpão.  
Numa noite de sexta feira, ela é convidada por suas duas melhores amigas populares, Jessica e Kylie para tomar algumas cervejas na casa de alguns garotos que ela só conhece pela fama. Ela é deixada sozinha com Grant, um magricela por quem ela começa a pensar que tem uma atração esquisita. Durante a conversa, ela é atacada por Grant e quem aparece para socorrê-la é Tyler, um bad boy tatuado que estava em um dos quartos.
Depois do que aconteceu, Rory acaba revelando, sem querer, que é virgem.
Tyler oferece uma carona a ela e a partir daí eles começam uma amizade inusitada que deixa Rory um tano confusa.
Mas após uma festa a fantasia, ela descobre que as amigas ofereceram dinheiro ao Tyler para completar o ‘’serviço’’ que seria tirar a virgindade da garota, para que ela começasse a curtir a vida de verdade.
Apesar de ter descoberto a verdade, Rory não se afasta e da uma chance para conhecer Tyler melhor.




''- Somos oficiais no Facebook, então?
- Somos mais do que isso. Somos de verdade.- É mesmo -  Falei, deslizando o pé sobre o dele. – Somos mesmo.''


Erin McCarthy conduz tudo com uma leveza que achei impressionante. Apesar de mostrar o primeiro amor da personagem florecenso, algumas quetões que descobrimos no decorrer da estória são pesadas, mas a autora consegue colocar tudo de uma forma que nos faz entender toda a situação.
Eu me apaixonei pelo livo e pelos personagens de um jeito que eu não imaginava e me surpreendi de forma positiva. Foi o melhor romance que li nos ultimos meses e com certeza recomendo!

;)


Nova Integrante!







Olá Leitores!
Meu nome é Josiane, tenho 21 anos, tenho um instagram literário que se chama @minhavidaficticia e agora faço parte da equipe do Salada de Livros!
Além da Ana, também vou postar semanalmente aqui no blog, sempre que possível, trazendo resenhas e outras novidades nas quais vamos trabalhar juntas. Espero que gostem dos meus posts e vamos nos ver bastante por aqui ;)

5.24.2016

Lançamentos de Junho - 2016 | DarkSide Books.

Hey gente!!!

Cá estou, mais uma vez para anunciar alguns lançamentos divos da DarkSide Books, dessa vez, são dois livros lindos, divos, maravilhosos e que já quero muito e que serão lançados pelo celo DarkLove e que já estão em pré venda.

SINOPSE: O Último Adeus é narrado em primeira pessoa por Lex, uma garota de 18 anos que começaa escrever um diário a pedido do seu terapeuta, como forma de conseguir expressar seussentimentos retraídos. Há apenas sete semanas, Tyler, seu irmão mais novo, cometeusuicídio, e ela não consegue mais se lembrar de como é se sentir feliz.O divórcio dos seus pais, as provas para entrar na universidade, os gastos com seu carrovelho. Ter que lidar com a rotina mergulhada numa apatia profunda é um desafio diárioque ela não tem como evitar. E no meio desse vazio, Lex e sua mãe começam a sentir apresença do irmão. Fantasma, loucura ou apenas a saudade falando alto? Eis uma dasgrandes questões desse livro apaixonante.O Último Adeus é sobre o que vem depois da morte, quando todo mundo parece estarseguindo adiante com sua própria vida, menos você. Lex busca uma forma de lidar comseus sentimentos e tem apenas nós, leitores, como amigos e confidentes.
 Cynthia Hand faz sua homenagem àqueles que se foram muito cedo e oferece um
diálogo reconfortante a quem já esteve no lugar de sua protagonista. Os pensamentos e
os segredos de Lex e Tyler serão revelados aos leitores brasileiros em 2016, em um livro
que fará parte da Coleção DarkLove – linha que lança autoras femininas com muita
história para contar.

“Um romance emocionalmente complexo e poderosoque permanece com os leitores muito tempo após fecharmos o livro.Brilhante e ao mesmo tempo de estilhaçar de dor, com vida e esperança.” — BOOKLIST —
Compre AQUI na pré venda.

Ficha Técnica
Título | O Último Adeus
Autor | Cynthia Hand
Tradutor | Carolina Coelho
Editora | DarkSide®
Edição | 1a
Idioma | Português
Especificações | 368 páginas (estimadas), Limited Edition (capa dura)
Dimensões | 14 x 21 cm 

SINOPSE: Um romance intenso sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença. Pelo menos é desse jeito que as coisas têm acontecido para Jack Baker. A Segunda Guerra Mundial estava no fim, mas ele não tinha motivos para comemorar. Sua mãe morreu e seu pai... bem, seu pai nunca demonstrou se preocupar muito com o filho. Jack é então levado para um internato no Maine (o mesmo estado onde vivem Stephen King e boa parte de seus personagens). O colégio militar, o oceano que ele nunca tinha visto, a indiferença dos outros alunos: tudo aquilo faz Jack se sentir pequeno. Até ele conhecer o enigmático Early Auden.Early, um nome que poderia ser traduzido como precoce, é uma descrição muito adequada para um prodígio como ele, que decifra casas decimais do número Pi como se lesse uma odisseia. Mas, por trás de sua genialidade, há uma enorme dificuldade de se relacionar com o mundo e de lidar com seus sentimentos e com as pessoas ao seu redor.Obsessivo, Early Auden tem regras específicas sobre que músicas deve ouvir em cada dia da semana: Louis Armstrong às segundas; Sinatra às quartas; Glenn Miller às sextas; Mozart aos domingos e Billie Holiday sempre que estiver chovendo. Seu comportamento é um dos muitos indícios da síndrome de Asperger, uma forma branda de autismo que só seria descoberta muito tempo depois da Segunda Guerra, e que inspirou personagens já clássicos como o Sr. Spock (Star Trek), o Dr. House e Sheldon Cooper (The Big Bang Theory).Quando chegam as festas de fim de ano, a escola fica vazia. Todos os alunos voltam para casa, para celebrar com suas famílias. Todos, menos Jack e Early. Os dois aproveitam a solidão involuntária e partem em uma jornada ao encontro do lendário Urso Apalache. Nessa grande aventura, vão encontrar piratas, seres fantásticos e até, quem sabe, uma maneira de trazer os mortos de volta – ainda que talvez do que Jack mais precise seja aprender a deixá-los em paz. 


 EM ALGUM LUGAR NAS ESTRELAS é uma daquelas grandes histórias que permanecem com você por muito tempo, perfeita para ler entre amigos ou passar de pai para filho. Tudo que é real pode ser uma grande fantasia ou uma coincidência inevitável. Somos muito mais que um simples desejo do acaso. Nossos caminhos vão se cruzar no primeiro semestre de 2016 nesta obra premiada com o Printz Honow Award em 2016, indicada a outra dezena de prêmios e eleita o livro do ano em dezenas de listas preparadas pelos leitores.

“O TIPO DE LIVRO QUE SALVA VIDAS AO DESPERTAR A VERDADEIRA PAIXÃO PELA LEITURA." - JAMES PATTERSON

Título | Em Algum Lugar nas Estrelas
Autor | Clare Vanderpool
Tradutor | Débora Isidoro
Editora | DarkSide®
Edição | 1a
Idioma | Português
Especificações | 272 páginas (estimadas), Limited Edition (capa dura)
Dimensões | 14 x 21 cm 

Compre AQUI na pré venda.

Espero que tenham gostado e que eu consiga comprar logo esses divos porque estou simplesmente apaixonada pelos dois.

Super beijos!!
;*